Busca

Blog



Postado às 2:45 de 17/12/2014
por Dr Roberto Elias
em Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Dr Roberto Elias, HPV


Os tumores de cabeça e pescoço geralmente começam nas células escamosas que revestem as superfícies mucosas do trato aerodigestivo superior que é composto pelas seguintes estruturas: lábios, soalho de boca gengivas superior e inferior, língua, palato duro e palato mole, seios paranasais, fossas nasais, amígdalas, laringe, hipofaringe.

Para cada região acometida existem sintomas específicos tais como lesão ulcerada em língua que não cicatriza, rouquidão persistente, presença de nódulo no pescoço que aumenta progressivamente, dor para engolir dentre outros sintomas.

Existem alguns fatores de risco, sendo um dos principais o tabagismo. Fumar cigarros, charuto, cachimbo ou derivados, aumenta consideravelmente o risco de desenvolver tumores de cabeça e pescoço.O consumo excessivo de bebidas alcoólicas é outro fator de risco comprovado para o aparecimento de um tumor maligno de cabeca e pescoço. Outro fator que pode elevar os riscos são bebidas tradicionalmente servidas em temperaturas muito altas, como o chimarrão. Consumi-las com frequência pode agredir as células da mucosa e favorecer o aparecimento de um tumor.

Portadores do vírus HPV podem apresentar lesões na pele, na laringe e nos pulmões. Essas lesões podem estar ligadas ao aparecimento de tumores malignos nessas regiões. Portanto é preciso estar atento e lembrar que o vírus é transmitido pelas relações sexuais.

O tratamento da doença varia de acordo com o tipo e extensão do tumor e pode incluir a cirurgia, quimioterapia e radioterapia. O diagnóstico precoce aumenta as chances de cura. Caso você apresente algum dos sintomas, procure um médico especialista. Se desejar, você pode entrar em contato com o Dr. Roberto Elias por aqui.



Comente esta Notícia